POEMAS AO ACASO

Poema ao acaso

17 de jan de 2012

CANTO CIGANO: Quietude...by Dany

CANTO CIGANO: Quietude...by Dany: Eu sempre quis ser o mar revolto com ondas gigantes... Hoje me alegro em ser um lago parado onde o reflexo de sua água espelha o m...

Nenhum comentário:

free counters

MÚSICAS


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...