POEMAS AO ACASO

Poema ao acaso

30 de ago de 2011

CANTO CIGANO: Minha sede...by Dany

CANTO CIGANO: Minha sede...by Dany: Sinto uma sede insaciável Tento mata-la a qualquer preço No entanto sempre penso enganar o meu desejo Que logo não saciado se revo...


Nenhum comentário:

free counters

MÚSICAS


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...