POEMAS AO ACASO

Poema ao acaso

16 de jul de 2011

CANTO CIGANO: "Galhos Secos"

CANTO CIGANO: "Galhos Secos": "Certo dia, na semana passada, um forte vendaval varreu toda a nossa cidade. A poeira rodopiava, galhos tremiam e se sacudiam ao vento. Mai..."

Nenhum comentário:

free counters

MÚSICAS


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...